SUA PALAVRA É O ESPELHO DA MINHA ALMA!

by - 6/02/2022

Costumo dizer que: "A Palavra é o espelho da alma".

Pois ela nos permite enxergar além do que os nossos olhos físicos podem ver.

Através Dela podemos contemplar a real condição do nosso coração. Já que na maioria das vezes somos incapazes de olhar para dentro de si mesmos, ou até evitamos por medo do que vamos encontrar.

Na verdade, é mais conveniente enxergar o superficial, onde as aparências e as mascaras "representam" tão bem quem gostaríamos de ser diante das pessoas. (Talvez uma pessoa mais confiante, generosa, bondosa, perfeita e autossuficiente).

Mas uma coisa é certa, as mascaras não nos "representam" diante de Deus, já que ele não é enganado por aparências. {O Senhor não vê como o homem: o homem vê a aparência, mas o Senhor vê o coração"- I SM 16:7}DIANTE DELE, AS NOSSAS MASCARAS DEVEM CAIR!

O mais preocupante, é que muitos de nós estamos tão presos aos personagens que criamos ao longo da vida, que nos tornamos completamente incapazes de acessar a real condição da nossa alma, e de chegar a um autoconhecimento.

Somente um espelho muito poderoso é capaz de revelar algo tão íntimo e tão profundo como o coração.

E a Palavra de Deus é esse Espelho, pois é viva e poderosa, mais cortante que qualquer espada de dois gumes, penetrando entre a alma e o espírito, entre a junta e a medula, e trazendo à luz até os pensamentos e desejos mais íntimos.

Confesso que estar diante desse Espelho na maioria das vezes, não é algo confortável, já que Ele nos confronta e revela quem REALMENTE somos. Nos mostra o que não queremos ver: as nossas falhas, fraquezas, incapacidades, verdadeiras intenções, e feridas que foram abafadas por anos.

Diante desse Espelho só temos duas alternativas:

1. Enfrentarmos ele, por mais desafiador e confrontante que seja, mas como consequência disso sermos curados de dentro para fora de todos os traumas, feridas emocionais, baixa autoestima e sermos livres do poder do pecado e das opressões.

2. Ou fugimos desse espelho, recusando enxergar a verdade, e como consequência disso continuarmos a viver de forma medíocre, nos auto sabotando e enganando a nós mesmas.


Dentre as duas opções, eu prefiro a primeira, e você?


Você poderá gostar:

0 Comentários